3 dicas eficientes para aprender Inglês

Kultivi
Kultivi
4 minutos de leitura

Aprender inglês por conta própria é um processo que pode ser desafiador, no entanto todo esforço e dedicação valerão a pena na primeira palavra que você compreender no idioma. E certamente, serão ainda mais prazerosos quando isso acontecer com a leitura de um texto completo, entendimento da letra daquela música que gosta ou ao assistir um filme sem precisar de legenda ou dublagem. 

Mas com as estratégias certas, você pode fazer um progresso significativo ao longo dos dias e dos estudos, pois ao juntar métodos de estudos e dedicação, o resultado lógico é a fluência no inglês. Pensando nisso, separamos três dicas para te ajudar a estudar inglês sozinho e de forma eficiente.

Crie um plano para ser fluente

Determine o objetivo e a razão pela qual você está disposto a dedicar seu tempo estudando Inglês. Lembre-se sempre dele, para se manter motivado naqueles dias que a preguiça resolver atrapalhar.

Crie um plano de estudos, para tornar seu inglês progressivamente fluente. Organize sua rotina e decida quanto tempo você está disposto a estudar diariamente, por exemplo, assistir 1 aula por dia, fazer exercícios por 15 minutos e ler uma notícia em Inglês por semana. É fundamental você considerar as demais atividades do dia a dia e qual será o melhor horário para os estudos, pensando no cansaço e ânimo que terá naquele período específico, pois uma aula bem aproveitada é aquela que você consegue manter a atenção e terminá-la convicto que aprendeu algo novo. Imprima e deixe esse plano sempre à vista.

Seguir uma rotina e ter disciplina é parte do processo de aprendizado de um idioma.

Tenha um caderno para anotações, assim você poderá criar o seu próprio material para consulta de vocabulário e estrutura da língua. Afinal, nele você pode fazer os registros de uma forma explicativa e que entenderá quando ler novamente. Além disso, escrever à mão é uma das técnicas de estudo recomendadas pelos especialistas, pois a mente trabalha em dose dupla, lendo e escrevendo.

Para ficar melhor ainda e para conseguir verificar o seu progresso no aprendizado da língua, você pode determinar uma meta para o mês ou semana, como, por exemplo, escrever um pequeno texto em Inglês sobre a rotina ou assistir um vídeo sem legenda. As opções são diversas e você pode juntar seus gostos pessoais nessas metas, para tornar ainda mais prazeroso. 

Aumente seu contato com o idioma

Aumente seu contato com o idioma, isso melhora muito o desempenho. Busque ouvir músicas, ver séries e filmes utilizando legendas em inglês. Vale até etiquetar alguns objetos de casa para observá-los e lembrar como são em inglês, fazendo uma associação do nome com o objeto.  

Ouvir e tentar reproduzir é uma forma muito eficaz de entender um novo idioma. Portanto, aprenda ouvindo, procure ouvir pessoas fluentes falando, treine o movimento da boca, memorize o som correto e tente reproduzir até ficar igual.

São coisas simples, mas que fazem muita diferença no aprendizado. E comprovam que dá sim para aumentar a convivência com o Inglês no dia a dia e aprender de forma mais leve.

Não se limite a apenas um tipo de recurso. Utilize uma variedade de materiais, como livros didáticos, aplicativos de aprendizado de idiomas, vídeos, filmes, músicas e podcasts em inglês. Isso ajudará você a se expor a diferentes sotaques, vocabulários e contextos. Além disso, também vai manter seu aprendizado interessante e envolvente.

Aprenda inglês ouvindo.

Quando se escuta uma música ou podcasts em outro idioma, ao mesmo tempo em que estamos aprofundando o conhecimento nessa língua, a mente tende a fazer conexões do que está sendo dito na letra e o vocabulário que você já possui. Buscando as possíveis traduções e estruturas, para compreender o que é cantado a cada verso. 

E para tornar essa experiência ainda mais agregadora, além de apenas ouvir a música, você pode ler em voz alta a letra, às vezes tentando acompanhar o cantor ou não. Com isso, você pode praticar sua pronúncia lendo, não apenas letras de músicas – é claro, mas também textos ou notícias, uma opção é gravar e comparar com a pronúncia de pessoas fluentes no idioma. Mas busque comparar para evoluir e não para se sentir mal, lembre-se que o aprendizado de um idioma faz parte de um progresso constante.

Mesmo estudando sozinho, é importante praticar a fala. Fale em voz alta durante suas sessões de estudo, mesmo que seja consigo mesmo. Isso ajuda a melhorar a pronúncia e a fluência. Além disso, considere encontrar parceiros de conversação online ou participar de grupos de intercâmbio de idiomas para praticar com falantes nativos ou outros aprendizes.

Não decore gramática, compreenda.

Eu sei que quando falamos em gramática assusta um pouco, mas, por mais que a conversação seja essencial, a gramática também é muito importante. 

Algumas regras e macetes podem te ajudar muito, não precisa saber tudo ao pé da letra, no entanto é necessário entender algumas estruturas para conseguir aplicá-las da maneira mais prática e correta possível. 

Portanto, nem que seja apenas um pouquinho por dia, não esqueça de dar uma olhadinha lá na gramática. 

Tenha como seu aliado à tecnologia. Use e abuse dos recursos e da facilidade que a tecnologia proporciona para te auxiliar. Busque por sites de notícias, blogs internacionais, revistas, jogos e perfis de pessoas nas redes sociais e youtube, para manter o contato com a língua, lendo, observando e ouvindo a gramática do inglês. 

Inclusive, além do curso gratuito de inglês pela Kultivi, você pode ter acesso a mais dicas no canal do youtube, através de vídeo e lives. 

Dica bônus: 

Mantenha um Diário em Inglês

Manter um diário de suas atividades diárias em inglês pode ser uma maneira eficaz de praticar a escrita e expandir seu vocabulário. Tente descrever suas experiências, pensamentos e metas em inglês. Isso não apenas aprimorará suas habilidades de escrita, mas também o ajudará a expressar ideias de maneira mais complexa ao longo do tempo.

Lembre-se de que aprender um novo idioma leva tempo e paciência. Celebre seus progressos e não tenha medo de cometer erros, pois eles fazem parte do processo de aprendizado. Com dedicação e consistência, você pode alcançar suas metas de aprendizado de inglês.

“Por menor que seja o seu tempo de estudo, estude! Não tenha medo de crescer lentamente, tenha medo apenas de ficar parado!” – Provérbio Chinês


Compartilhe:

POSTS Relacionados

Idiomas

A importância de saber muitos idiomas para o mercado de trabalho

Hoje em dia, vivemos em um mundo cada vez mais globalizado, onde a comunicação e a interação entre diferentes culturas e países são essenciais. Nesse contexto, saber falar vários idiomas se tornou uma habilidade extremamente valorizada no mercado de trabalho. Neste artigo, vamos explorar os benefícios de ser fluente em várias línguas, a demanda por […]

Mapas Mentais

Tradutor e Intérprete de Libras

A Língua Brasileira de Sinais (Libras) é uma ferramenta vital para a comunicação da comunidade surda no Brasil. No entanto, para que essa comunicação ocorra de forma eficaz em diferentes contextos, a presença de profissionais especializados é essencial. Entre esses profissionais, destacam-se o tradutor e o intérprete de Libras. Neste artigo, vamos explorar as funções, […]

Mapas Mentais

Os Cinco Parâmetros da Libras

A Língua Brasileira de Sinais, mais conhecida como Libras, é a principal forma de comunicação da comunidade surda no Brasil. Assim como qualquer outra língua, Libras possui uma estrutura complexa e regras gramaticais próprias. Uma das bases dessa estrutura são os cinco parâmetros da Libras. Mas o que são esses parâmetros e por que são […]