Saiba como melhorar seu Inglês sem sair de casa

kultivi01@gmail.com
kultivi01@gmail.com
2 minutos de leitura

Se você está aprendendo Inglês como segundo idioma via curso online, talvez sinta dificuldade de praticar o speaking, já que não tem alguém para conversar durante as aulas a não ser você mesmo.

Falar sozinho é uma boa dica, indicada por muitos teachers mas, há outras formas de inserir o inglês no dia a dia. Você pode praticar, não só a conversação, sem sair de casa.

Publicidade


Antes disso, saiba quais são os 4 erros comuns cometidos por quem estuda inglês.

E mesmo para quem já tem algum domínio, as indicações a seguir são úteis para manter a língua ativa.

Publicidade


1. Cantar para praticar a pronúncia

Música é uma boa alternativa para praticar a pronúncia e aprender novo vocabulário de uma forma mais dinâmica e divertida. A conversação depende da fala e a fala vai além de organizar as palavras na cabeça e dizê-las.

Falar é um “exercício físico” que movimenta músculos, então, pronunciar as palavras em voz alta ajuda a desenvolver as habilidades necessárias para a conversação, quanto mais você praticar mais orgânico isso se torna.

2. Falar com nativos via aplicativos gratuitos

Nem sempre é possível viajar ou seja fácil encontrar algum estrangeiro na rua, disposto a conversar em inglês com você, por isso, é interessante aproveitar os recursos da internet.

Alguns aplicativos  permitem, além de interagir com nativos, fazer perguntas escritas e em áudio, saber como é determinada expressão, conferir se a pronúncia está correta, bater papo no chat com nativos, saber a diferença entre palavras semelhantes e até contratar um professor.

Por exemplo: Hello Talk, Tandem, I Get it, Hi Native, Italki.

3. Assistir séries com vocabulário menos complexos e capítulos curtos

De início, assista com legenda em inglês e anote palavras novas, expressões cotidianas e preste atenção na pronúncia. Se puder, vá além, faça um resumo escrito do capítulo assistido, assim você também pratica a escrita.

Conforme for progredindo, assista sem legenda, mas não deixe de fazer o resumo, escrito ou falado. Conte para alguém (para você mesmo ou um interlocutor imaginário) o que aconteceu naquele capítulo.

4. Ler jornais estrangeiros

Há alguns sites que oferecem a mesma notícia com diferentes vocabulários, que podem ser filtrados por níveis. Você pode selecionar se quer ler a notícia em nível básico, intermediário e avançado, como por exemplo o News in Levels.

5. Inscrever-se em canais de nativos no YouTube

Além de ser divertido, é válido para desenvolver a habilidade de entender diversos sotaques e velocidades de fala. Você aprende novas palavras, entende sobre outras culturas e países e treina seu ouvido para entender diferentes pronúncias.

É importante que você entenda o que está sendo dito, não adianta assistir vários vídeos sem conseguir captar nada. Portanto, faça testes.

Busque canais que abordem assuntos que você gosta e que se encaixam ao seu nível.

Lembre-se: se você não fizer sua parte, nenhum curso pode, milagrosamente, te deixar fluente da noite para o dia.

Então, seja online ou presencial, é importante que você complemente o curso buscando outras formas de praticar e esteja ciente de que é um processo, uma construção de conhecimento.

Deixe seu comentário sobre este artigo. Sua opinião é importante.

Compartilhe este conteúdo: