Como usar o verbo TO BE | Blog Kultivi

Como usar o verbo TO BE | Blog Kultivi

Andressa Federizzi
Andressa Federizzi
5 minutos de leitura
verbo to be

Nesse artigo, quero te apresentar alguns usos e regras para que você aprenda o verbo to be e não erre nunca mais.

Dica: ao final do texto você encontrará um vídeo com uma aula sobre verbo To Be retirada do Curso de Inglês completo e gratuito da Kultivi, ministrado pelo professor Rui Ventura, uma breve explicação sobre o curso e uma dica de como ganhar dinheiro enquanto assiste as aulas gratuitas da Kultivi através da Odysee (concorrente do YouTube).

Vamos lá…

Eu sei. Você leu o título e pensou: “De novo? Passei a minha vida estudando esse verbo”. E eu te pergunto: você aprendeu o verbo to be, de verdade?

Calma, eu também sei que muita gente acha difícil e ainda tem muitas dúvidas. Mesmo aqueles que passaram anos ouvindo a professora repetir a explicação desse conteúdo, podem fazer confusão.

É comum cometermos alguns erros quando estamos aprendendo um novo idioma. Já falamos sobre quatro desses erros comuns aqui no blog. Para começar, vamos entender o que o temido to be significa.

Em português existem verbos específicos para indicar que somos ou estamos (algo), ou seja, o ser e o estar, com suas próprias conjugações.

Mas, em Língua Inglesa, usamos o to be para ambos. O sentido de ser ou estar é implícito.

Não há uma regra específica. Para saber se está significando ser ou estar é preciso observar o contexto. E isso pode se dar através de apenas uma palavra.

Para compreender melhor, vamos analisar um exemplo.

Na segunda frase “He is stressed today.” O is está indicando que ele está estressado hoje. Já na primeira frase o is está significando que ele é estressado. Percebeu a diferença?

Muito simples, não é?!

São poucas regras para memorizar.

Maaaaas, muita gente confunde!

Alguns dizem que é pelo fato de que, apesar do verbo ser to be, as conjugações não são “I be, you be, he be …”.

Outros, que a dificuldade está nas diferentes conjugações de acordo com cada pessoa. (Para os que não lembram: am, is, are, no presente).

Ainda tem os que afirmam que quando estudam o verbo no passado, ficam confusos.

E aqueles que decoraram as regras, mas não sabem para que elas servem ou qual o uso na conversação.

Identificou-se com alguns desses casos?

Eu sei que pode dar um nó na sua cabeça. Mas quando você aprender, vai concordar comigo que nem é tão difícil quanto parece, e o uso será quase automático.

É muito importante que você resolva essa dificuldade de uma vez. Isso porque, é um dos verbos básicos para conversação.

I’m from São Paulo.

I’m 30 years old.

Bem, para aprender qualquer coisa nessa vida, precisamos tirar da nossa cabeça que é difícil.

Se pensarmos que é difícil, assim será.

Então, pense que você consegue aprender Inglês.

Como usar o verbo to be?

É usado para descrever e identificar pessoas e objetos, além de ser usado para informar a idade por exemplo. E nas expressões de tempo e de lugar.

As regras para o verbo to be são muito simples. Pode acreditar!

O verbo no presente é conjugado da seguinte forma:

Iam
He/She/Itis
We/ You / Theyare

Perceba que há apenas 3 conjugações para o presente.

O que você precisa fazer então, é memorizar que para I (eu), será “am”.

Que para terceira pessoa (He, She, It) será “is”.

It’s cold!

E que para as pessoas: You (você ou vocês), They (eles), We (nós), usa-se “are”.

Vocês provavelmente recordam do refrão: “We are the champions”.

Contração do verbo to be

Você já deve ter visto a forma contraída em algum lugar. Seja em filmes, músicas ou nas redes sociais.

O que você precisa saber é que não há qualquer alteração no sentido em razão dessa contração.

É uma forma mais curta para informar a mesma coisa. Semelhante ao nosso “tô” no lugar de “estou”.

O verbo é apresentado de forma diferente, comum na fala, sem qualquer alteração no sentido.

I amI’m
You areYou’re
He isHe’s
She isShe’s
It isIt’s
We areWe’re
You areYou’re
They areThey’re

Como usar o verbo to be na forma negativa?

Para transformar a frase para a forma negativa, acrescenta-se “not” após o verbo to be.

Então, se eu quiser dizer que não sou ou não estou, adiciono o ‘not”. Por exemplo, I am / I’m not your friend.

Nas demais pessoas, a forma contraída fica um pouco diferente, mas a lógica é a mesma.

  • She is not / isn’t a singer.
  • They are not / aren’t at work.

Como fazer perguntas usando o verbo to be?

O uso do to be forma interrogativa também é muito simples. O verbo aparece antes do sujeito e acrescenta-se o ponto de interrogação no final da frase.

Não há muito segredo. Veja:

  • Are you busy?
  • Is he an engineer?

Percebe o quanto você pode interagir em Inglês se souber usar o verbo to be?

Além de ser fácil para memorizar, é muito útil em vários contextos.

Como usar o verbo to be no passado?

No passado simples em Inglês, o verbo to be sofre pouca alteração.

São apenas duas conjugações: was/were

  • I/ He/ She/ It – was (era/estava)
  • We/ You / They – were (eram/estavam)

Para a pessoa you (você), no singular usa-se o “were”, assim como no plural you (vocês).

SubjectPastNegative
Iwaswasn’t
Hewaswasn’t
Shewaswasn’t
Itwaswasn’t
Wewereweren’t
You (s./p.)wereweren’t
Theywereweren’t
  • I was angry because they were late.
  • They weren’t able to come because they were so busy.
  • The hotel wasn’t very expensive.

Fácil não é?! Agora, aconselho que você pratique muito. E para começar, reveja algumas explicações no vídeo abaixo.

Faça muitos exercícios e tente conversar em Inglês, nem que seja com você mesmo. É isso mesmo que você leu. Tipo para o espelho, sabe?!

Simule uma apresentação sobre você. Fale seu nome, idade, profissão, estado civil, onde mora, entre outras informações que você pode usar o verbo.

Primeiro organize isso em um texto, depois apresente-se em voz alta. Assim irá praticar o conteúdo e algumas habilidades (writing, reading e speaking).

Então, agora que já sabe a conjugação no presente, aprenda-a no presente contínuo (am/is/are doing…), futuro (am/is/are going to/ will be), haver/existir (there to be).

Não deixe de praticar. É muito importante para sua fluência.

A KULTIVI RECOMENDA: Como ganhar dinheiro estudando na Odysee?

Muito simples. Basta clicar nesse link, fazer seu cadastro e começar a assistir os vídeos.

A Odysse é uma nova concorrente do Youtube, com uma interface muito parecida ao concorrente mais famoso, mas com um modelo de negócios muito inovador e que possibilita aos usuários e produtores de conteúdo faturar alto.

Ao assistir vídeos, portar conteúdo, convidar usuários e inúmeras outras ações na seção de “recompensas” você recebe criptomoedas (LCB), e depois consegue trocá-las por dinheiro.

Não há nenhum segredo ou pegadinha. A explicação é simples: quanto mais conteúdo e usuários estiverem na plataforma mais a moeda (LBC) se valoriza e toda comunidade ganha: dos desenvolvedores do projeto ao usuário final.

Dica: Curso para Aprender Inglês Assistindo Filmes

Não é um curso ministrado pela Kultivi, mas por ser muito interessante a metodologia aplicada resolvemos indicá-lo aqui. Clique aqui para detalhes diretamente no site do autor.

Recomendamos também um pequeno curso introdutório gratuito chamado “Inglês do seu Jeito”, que você tem acesso clicando aqui.

Keep learning!

Bons estudos.


POSTS Relacionados

idiomas - curso gratuito
Idiomas

Aprenda Idiomas de Forma Acelerada – Curso gratuito | Kultivi

Conheça o curso Gratuito com método diferenciado e foco na conversação, desenvolvido por poliglotas para acelerar o aprendizado de qualquer Idioma.

hangul-escrito-coreano
Idiomas

Alfabeto Coreano – Escrita, consoantes e Posição das Letras

Conheça o alfabeto coreano e suas consoantes, além da posição das letras e forma de escrita. Descubra como iniciar o aprendizado da escrita Coreana

aprender Libras
Idiomas

Aprender Libras: 5 Razões para você aprender a Língua de Sinais

Saiba porque aprender Libras pode garantir oportunidades profissionais, além de melhorar a comunicação e o contato com mais pessoas.