Definição de contrato social de Rousseau

Andressa Federizzi
Andressa Federizzi
3 minutos de leitura
contrato-social-rousseau

Conversamos mais uma vez com a professora Sabrina e ela nos trouxe mais um conteúdo importante para História, Sociologia e Filosofia.

Fica ligado porque alguns pontos mencionados por ela podem até ser usados na redação.

Publicidade


Mas antes de aprofundarmos na explicação da professora Sabrina, vamos falar mais sobre Rousseau.

Um pouco mais sobre Rousseau

Jean Jacques Rousseau nasceu em Genebra (Suíça). Liberdade e igualdade sempre foram temas de suas obras filosóficas. Nome importante no Iluminismo e suas ideias são os principais influenciadores da formação do pensamento politico e educacional moderno.

Publicidade


Em suas obras, Rousseau fala que o homem é bom por natureza, mas está submetido à influência corruptora da sociedade.

rousseau

Escreveu obras importantes como Do Contrato Social e Emílio ou Da Educação.

Quer saber mais sobre esse nome importante para o Iluminismo? Acompanhe a vídeoaula abaixo.

Bem, e qual a importância de estudar Jean Jacques-Rousseau para pensar a História, Sociologia e Filosofia?

De acordo com a professora Sabrina, é possível elencar vários motivos, mas destaca alguns: a questão da liberdade individual, a sociedade política e a vida em comunidade.

Esses são apenas alguns dos possíveis caminhos para interpretarmos a noção de pacto social à luz da História.

“O homem nasce livre, mas por toda parte encontra-se a ferros.”

O que é o Contrato Social?

De maneira bem geral significa um “acordo” normatizado, isto é, mediado pelas Leis, em que o indivíduo confia nas leis e acordos universais para que a harmonia social seja garantida.

Isso quer dizer que prevalece a vontade coletiva sobre os anseios de cada pessoa. 

Uma sociedade política, regida por leis e fundada em um acordo universal e invariável, que beneficia todos igualmente, e organizada com base em deveres mútuos privilegiando a vontade coletiva (Livro I, Cap. VI).

Existe como se manter a liberdade natural do homem e também garantir a segurança e o bem-estar da vida em sociedade? Para Rousseau, isso seria possível através de um contrato social, por meio do qual prevaleceria a soberania da sociedade, a soberania política da vontade coletiva.

O homem “troca” sua liberdade natural pela liberdade civil.  Esse seria o princípio da democracia, quando existe a união das pessoas para superar as dificuldades próprias das sociedades em estágio de desenvolvimento.

O que é importante saber sobre Rousseau para as provas?

A obra de Rousseau é muito interessante para observarmos como, à medida em que a sociedade vai ficando mais “sofisticada”, isto é, em que observamos maior circulação de ideias, mais tecnologia, diversidade econômica e cultural, mais a humanidade sofre a influência dessas estruturas em seus modos de ser e agir.

Essa mudança vai acontecer com todos, e é por isso que Rousseau analisa que a sociedade deve operar em consonância, pois se prevalecerem os desejos de apenas um governante ou grupo, trata-se de tirania de uns sobre os outros.

Atividade prática

Sugiro que pesquise sobre algumas questões que podem despertar a sua análise crítica:

  • Forças da estrutura e das instituições que agem sobre os indivíduos.
  • Manutenção de comportamentos e hábitos que condicionam os sujeitos.
  • Estruturas consolidadas à revelia da vontade geral.
  • Vontade do corpo político como um todo.

Faça uma busca por sistemas ou movimentos políticos que possam ser relacionados aos tópicos acima. Busque também por exemplos e referências literárias, como A Revolução dos Bichos de George Orwell”.

Compartilhe este conteúdo: