Como Ganhar Dinheiro na Internet, Sem pegadinhas!

Como Ganhar Dinheiro na Internet, Sem pegadinhas!

Andressa Federizzi
Andressa Federizzi
6 minutos de leitura
como ganhar dinheiro na internet

Há muitas formas de ganhar dinheiro online e tem muito conteúdo sobre o tema rolando por aí. O que traremos nesse texto é algo totalmente diferente do que você encontra em outro lugares e a explicação é simples:

1 – Temos credibilidade para tratar do tema, pois a Kultivi é uma plataforma que consegue monetizar (e muito bem!) na internet ofertando dezenas de cursos de muita qualidade sem cobrar dos seus milhões de usuários. Muitas das dicas que trazemos aqui usamos para cobrir os custos dos cursos, pagar os colaboradores e fazer da Kultivi um projeto rentável e reconhecido entre os empreendedores;

2 – Não precisamos “enrolar” você com parágrafos e parágrafos trazendo coisas óbvias como “crie um curso, escreva um blog, monte um canal” só para ganhar visualizações. Vamos sim trazer algumas boas dicas, mas se você pretende ir direto para aquela que consideramos a melhor opção para ganhar dinheiro na internet, passivamente, já fica aqui o link da Odysee, concorrente do Youtube que paga para você assistir vídeos e indicar amigos, dentre outras oportunidades.

No entanto, se você deseja saber mais detalhes sobre a Kultivi e sua monetização, sobre o que é como funciona a Odysee, bem como ter acesso a outras dicas de como ganhar dinheiro usando a internet, pode ter certeza que os próximos parágrafos serão esclarecedores.

Neste artigo você saberá:

  1. O que é a Kultivi e como ganha dinheiro?
  2. O que é e como ganhar dinheiro com a Odysee?
  3. Parceria Kultivi + Odysee = usuário remunerado para assistir cursos
  4. Aprender com cursos, profissionais e conteúdos de autoridade
  5. Lomadee, marketing de afiliados

1. O que é a Kultivi e como ganha dinheiro?

A Kultivi é um portal de cursos gratuitos de qualidade, sem cobranças da primeira aula ao certificado. Uma das missões da Kultivi sempre foi entregar conteúdo de excelência sem surpresas ou pegadinhas para os usuários, diferenciando-se de portais que:

  • Fazem bons cursos, mas cobram pelo conteúdo;
  • Disponibilizam o início do curso gratuitamente para cobrar pelo restante (chamando de “versão premium” ou algo do tipo);
  • Disponibilizam cursos gratuitos (geralmente de qualidade duvidosa) e cobram na hora de emitir certificado;
  • Criam conteúdos onde o objetivo real é vender algo e não trazer conhecimento ao aluno.

Para conseguirmos nossos objetivos tivemos que desenhar um modelo de negócios onde a monetização viesse de outras formas que não a cobrança do usuário, o que nos dá muito conhecimento de causa para oferecer várias dicas de monetização online.

Utilizamos ADS, ou seja, cedemos espaços para publicidade em nosso site e aplicativo e somos remunerados por isso. Também temos parcerias que envolvem ações de Marketing Digital, entre outros.

Quer saber mais sobre a Kultivi? Faça seu cadastro rápido e gratuito em www.kultivi.com e usufrua dos nossos cursos 100% gratuitos nas áreas de: idiomas (LIBRAS – Linguagem Brasileira de Sinais, inglês, espanhol, italiano, alemão, francês, etc.; ENEM; concursos públicos, Exames da OAB, negócios e desenvolvimento pessoal).

2. O que é e como ganhar dinheiro com a Odysee?

A maneira mais fácil de descrever essa plataforma é como uma fortíssima concorrente do Youtube, que poderá atrair boa parcela dos produtores de conteúdo e usuários que hoje estão concentrados no Youtube, como já vem acontecendo nos Estados Unidos (seu país de origem). 

Não tem nenhuma mágica ou pegadinha. Existem fatores reais que indicam que o projeto da Odysee ganhará muitos adeptos nos próximos anos. São eles:

1 – A usabilidade da plataformaquase idêntica a do YouTube, o que atrai quem já está acostumado com o modelo. No entanto, a tecnologia envolvida e os propósitos são totalmente diferentes, o que atrai muitos produtores de conteúdo insatisfeitos com o modelo das plataformas tradicionais;

2 – Projeto colaborativo onde todos ganham: ao contrário do YouTube e demais redes “tradicionais”, que pertencem a uma empresa específica responsável em desenvolver as funcionalidades com sua equipe, na Odysee, com uso de tecnologia blockchain, vários desenvolvedores podem criar blocos de desenvolvimento e receber pelo trabalho  em criptomoedas (LBC) que são facilmente convertidas nas moedas de preferência dos desenvolvedores ao redor do mundo;

3 – Maior liberdade na produção de conteúdo: a mesma lógica utilizada no desenvolvimento é usada na remuneração dos produtores de conteúdo. Enquanto nas plataformas tradicionais a monetização vem das propagandas veiculadas e uma grande parte desses valores fica com a rede, na Odysee quanto mais conteúdo é disponibilizado pelo produtor e quanto mais gente se interessa pelo conteúdo, mas criptomoedas (LBC) ele ganha. Ele pode usar a LBC para impulsionar seu próprio conteúdo na plataforma, como pode transferir para contas de conversão e sacar na moeda de sua preferência.

Importante dizer, que embora existam regras básicas dentro da Odysee, o fato de não haver concentração de desenvolvimento na empresa proprietária, diminui exponencialmente o risco de punições arbitrárias aos produtores de conteúdo. Essa segurança está fazendo muitas canais migrarem para Odysee.

4 – Monetização dos usuários: não só desenvolvedores e produtores de conteúdo ganham na Odysee. Os expectadores dos vídeos podem ganhar recompensas diárias de muitas formas, que vão do simples fato de assistir vídeos a convidar amigos para criar conta na Odysee. Na plataforma há uma grande lista de recompensas a serem alcançadas pelos usuários.

É isso mesmo, eu e você que estamos logados na Odysee vendo nossos vídeos preferidos ou músicas, podemos ganhar criptomoedas (LBC) e depois converter em dinheiro.

3. Parceria Kultivi + Odysee = usuário remunerado para assistir cursos

Você é remunerado para assistir vídeos na Odysee, independente do conteúdo. No entanto, essa possibilidade nos permitiu fazer algo fantástico: ao disponibilizar nosso conteúdo na Odysse, os usuários não só assistem os cursos gratuitamente, como começam a receber valores reais para aprender.

No mais, a Kultivi está sempre em contato com a Odysee para cada vez mais trazer oportunidades aos usuários. O fato da Odysee estar em constante desenvolvimento nos dá a liberdade de compartilhar com eles ideias que sejam interessantes para Kultivi, Odysse e usuários. E aqui não há segredo: quanto mais a Kultivi ajudar a Odysee a crescer, mais a Odysse pode retornar financeiramente para Kultivi e seus usuários. 

4. Aprender com cursos, profissionais e conteúdos de autoridade

Alex Vargas

Empreendedor com mais de 14 anos de experiência em criação de negócios pela internet e marketing digital.

Atualmente com mais de 100 mil alunos. Ganhador de vários prêmios, inclusive de melhor empreendedor digital. Top 1 na maior plataforma de vendas da internet a mais de 6 anos consecutivos.

“Eu já ensinei mias de 100 mil pessoas, hoje eu sei exatamente o que cada pessoa, independente da situação, precisa para ter resultados na internet”!

Imagem: Site Alex Vargas

Outra forma de ganhar dinheiro na internet é ter conhecimento. Quanto mais você entender como funcionam as estratégias, maiores suas possibilidades de faturar. Com conhecimento, você pode testar diferentes opções, atuar em mercados diferenciados, sem correr risco.

Como exemplo, vamos indicar o conteúdo do Alex Vargas. Ele possui cursos (gratuitos ou pagos), livros e eventos da maior autoridade em geração de receita pela internet do país. Assim você amplia seus conhecimentos sobre como ganhar dinheiro na internet e entende melhor como funcionam as vendas online.

A lista abaixo traz links para os principais materiais desenvolvidos pelo autor. São e-books, cursos e eventos, na sua maioria gratuitos. No entanto, caso opte por escolher um curso pago com qualidade indiscutível a dica que oferecemos é o Fórmula Negócio Online, divisor de águas para quem quer faturar na internet:

5. Lomadee, marketing de afiliados

Para ganhar dinheiro na internet, muito mais importante do que desenvolver um canal no Youtube ou na Odysee, um blog ou site com bom movimento, ou um grande perfil numa rede social, é encontrar uma forma direta de lucrar com o tráfego conquistado.

Sem dúvidas a forma mais simples e direta é com marketing de afiliados. Nessa modalidade de marketing você divulga o link de um parceiro, que automaticamente lhe paga comissões em caso de vendas, cliques, cadastros, etc.

Existem centenas de programas de afiliados nas mais variadas áreas. Perdemos muito tempo fazendo inúmeros cadastros, entendendo plataformas de afiliados e testando programas que as vezes não são sólidos e confiáveis.

Aqui a dica é fazer um cadastro na Lomadee, plataforma que unifica em um único lugar centenas de programas de afiliados de produtos e serviços. Com mais de 10 anos de operação tem uma tecnologia reconhecida pela facilidade de uso e aproximação com as melhores marcas do mercado.

E aí, você comunica para seu público os afiliados e conteúdos que são do interesse.

Gostou das dicas?! Direto ao ponto, sem enrolação e com sugestões práticas para você começar agora mesmo.

Compartilhe este conteúdo: