Como enfrentar a OAB novamente?

Não existe mágica para resolver esse problema, mas o problema precisa ser resolvido de uma forma ou de outra. Desistir não é uma opção, pois ela representa a perda de anos de investimento no curso de Direito, e isso é absolutamente inaceitável.

Vocês se preparam tanto para a prova da 2ª fase, especialmente quem vai fazer a repescagem, para ao fim não dar certo. Como então enfrentar a OAB novamente, especialmente uma prova da 1ª fase outra vez?

Por um momento vocês olham para o caminho a ser novamente percorrido e percebem que o tesão acabou, que estão sem pique e sem vontade de passar pelo mesmo processo mais uma vez.

Essa percepção está na base da desistência de muitos, mas muitos candidatos. Eu diria inclusive que seria a principal razão da desistência: a falta de forças para fazer tudo mais uma vez.

E pior! Faltando apenas 3 semanas para a prova a percepção de que o desafio é maior do que a capacidade de vencê-lo torna a ideia de cumprir a tarefa ainda mais sofrida.

Não existe mágica para resolver esse problema, mas o problema precisa ser resolvido de uma forma ou de outra. Desistir não é uma opção, pois ela representa a perda de anos de investimento no curso de Direito, e isso é absolutamente inaceitável.

Como enfrentar a OAB novamente?

Não vamos tentar soluções mágicas ou mirabolantes. Não funcionam!

Vamos começar com o simples!

Partimos da premissa de que vocês têm uma coisa chamada LASTRO, ou seja, uma bagagem prévia de conhecimento sobre o Exame de Ordem e seus conteúdos.

A missão nº 1 agora é RESTAURAR o lastro, puxá-lo pela memória e RELEMBRAR o conteúdo que uma vez já foi conhecido. E o melhor método para isto começa com a resolução de questões, muitas questões. E todas elas estão na página da FGV.

Resolvam tantas questões quantas possíveis para relembrar o processo de preparação para a 1ª fase anterior.

Essa é uma forma fácil de reiniciar o processo, e reiniciá-lo sem grandes dificuldades.

Tomem o cuidado de resolver primeiro as questões das disciplinas que vocês mais dominam, para que a nova ambientação seja feita de uma forma menos “traumática”, por assim dizer.

Ler resumos da preparação anterior também ajudará bastante.

Aqui é IMPORTANTE pontuar que, faltando 3 semanas para a prova objetiva, não é mais possível iniciar do zero uma preparação para a prova. O negócio agora é REVISAR CONTEÚDOS, pois em 3 semanas não dá para fazer milagres.

E nem corram atrás de um: isso só vai gerar um estresse desnecessário e sem sentido.

O bicho não é tão feio assim!

Coloquem uma coisa na cabeça: vocês, de fato, têm um lastro.

Não estão começando no Exame de Ordem a partir do zero, mas sim após terem uma experiência de quase aprovação. A memória do estudo anterior está lá, basta resgatá-la.

A partir desta percepção não permitam que a ANSIEDADE ou o DESÂNIMO tomem conta.

Sim, ninguém está feliz, mas a roda do mundo continua girando. E ela não vai parar para acolher os lamentos de vocês.

Mas não vai mesmo!

Logo, sair da inércia é fundamental para se recuperar o terreno perdido, e começar por um início óbvio (resolver muitas questões anteriores), sem compromisso com outros métodos de estudo (ao menos neste começo) é algo fácil de se iniciar.

Pois então iniciem!

O desafio, para vocês, é menor do que parece ser. E enfrentar a OAB novamente depende mais da recuperação da vontade de vencer do que de qualquer outra coisa. Acreditem nisso e voltem para o jogo.

Fonte: Blog Exame de Ordem

http://blogexamedeordem.com.br/como-enfrentar-a-oab-novamente/

_relacionados

Copyright @2017 Kultivi Produção e Edição de Conteúdo Ltda - CNPJ: 28.186.806/0001-35 - Contato: contato@kultivi.com

Copyright @2017 Kultivi Produção e Edição de Conteúdo Ltda
CNPJ: 28.186.806/0001-35
Contato: contato@kultivi.com