Mobilidade urbana lidera a lista dos assuntos mais buscados e que não caíram no Enem 2017

Levantamento do Google mostra que mobilidade, bullying e homofobia foram os termos mais associados ao possível tema do Enem 2017.

Um levantamento feito pelo Google e obtido com exclusividade pelo G1 mostra que "mobilidade urbana" foi o tema que liderou as "apostas" dos candidatos para a redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. Segundo o levantamento, este foi o termo mais usado entre as pessoas que escolheram o Google para buscar informações sobre assuntos que poderiam cair na redação. Depois de "mobilidade urbana", aparecem "bullying" e "homofobia".

Em 5 de novembro, essas e a maior parte das demais apostas caíram por terra, quando os candidatos abriram a prova e descobriram que o tema escolhido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) foi "desafios para a formação educacional de surdos no Brasil".

Segundo os dados da empresa, as buscas indicam que "educação para surdos" era um dos termos menos procurados quando as pessoas queriam saber quais temas poderiam cair na redação do Enem.

 

"O tema deste ano, educação para surdos, representou 0,3% das buscas de mobilidade urbana para a prova", diz o Google.

 

A empresa não divulga o número absoluto de buscas, mas mostra uma comparação entre palavras e expressões diferentes, apontando, em termos percentuais, quais foram mais ou menos populares.

Veja abaixo a comparação mês a mês entre seis temas, segundo a ferramenta de buscas:

 
Levantamento do Google comparou buscas sobre a redação do Enem envolvendo seis temas (Foto: Divulgação/Google)Levantamento do Google comparou buscas sobre a redação do Enem envolvendo seis temas (Foto: Divulgação/Google)

Levantamento do Google comparou buscas sobre a redação do Enem envolvendo seis temas (Foto: Divulgação/Google)

As buscas por "intolerância religiosa" foram mais altas no primeiro semestre do ano porque esse foi o tema da redação do Enem 2016 e, por isso, esteve mais presente nas procuras dos estudantes nos meses após a prova, mas perdeu fôlego quando eles começaram a pensar sobre qual assunto apareceria neste ano.

 

Histórico das buscas

 

 

  • Mobilidade urbana

 

Um recorte mostrando o comportamento nos últimos quatro anos de quem buscava no Google informações sobre a redação do Enem, e juntaram o tema à procura, mostra que, todos os anos, o período que se aproxima das provas do Enem é quando o assunto "mobilidade urbana" recebe mais atenção de quem pesquisa sobre o exame.

Apesar de ser o termo mais buscado em 2017 por quem pesquisa prováveis temas da redação, "mobilidade urbana" foi uma aposta ainda maior no Enem 2016, quando as buscas tiveram um pico quase 12 vezes mais alto do que a média desde janeiro de 2014.

 

 

  • Bullying

 

Nas vésperas do Enem 2017, o "bullying" foi o segundo tema mais buscado, pouco mais do que "homofobia". Mas, historicamente, esse não era um assunto que muitas pessoas relacionavam ao tema da redação do Enem nas procuras do Google. "Em termos da quantidade de buscas relacionadas ao tema da redação do Enem, ele é o quarto colocado, mas, em relação a ele mesmo, gerou um interesse muito maior este ano", explicou a ferramenta de busca.

 

  • Homofobia

 

Segundo a ferramenta de buscas, "homofobia" foi o terceiro possível tema de redação mais buscado no ano, mas também foi um dos que mais cresceu nos últimos quatro anos.

"Homofobia, apesar de ter tido pequenos picos no mês do Enem em edições passadas, aumentou este ano quase 10 vezes a mais que a média dos meses anteriores", explicou o Google. Neste ano, ele foi o tema mais votado na enquete feita entre os leitores do G1.

 

 

 

  • Intolerância religiosa

 

Já o assunto "intolerância religiosa" chegou a ser bastante relacionado à redação do Enem em 2015. Na época da prova, o pico foi quase o quádruplo da média mensal de buscas desde 2014. Na hora da prova, porém, o tema escolhido foi "violência contra a mulher".

No entanto, no ano seguinte, ele acabou aparecendo na redação do Enem 2016.

 

 

Apostas dos professores

 

Os quatro assuntos – "mobilidade urbana", "bullying", "homofobia" e o tema que efetivamente apareceu na redação do Enem 2017 – haviam sido mencionados entre 14 apostas de professores de quatro cursinhos para a prova deste ano.

No caso de bullying, a aposta é que o tema poderia ser tratado por meio de sua potencialização na internet – o chamado cyberbullying. Já o tema da redação deste ano no Enem não chegou a surpreender os professores por se tratar de um tema abrangente que já era esperado no Enem, o da inclusão de pessoas com deficiência. Porém, o enfoque bem específico – a educação de surdos – pegou muitos deles de surpresa.

Fonte: G1

https://g1.globo.com/educacao/enem/2017/noticia/mobilidade-urbana-lidera-a-lista-dos-assuntos-mais-buscados-e-que-nao-cairam-no-enem-2017.ghtml

_relacionados

Copyright @2017 Kultivi Produção e Edição de Conteúdo Ltda - CNPJ: 28.186.806/0001-35 - Contato: contato@kultivi.com

Copyright @2017 Kultivi Produção e Edição de Conteúdo Ltda
CNPJ: 28.186.806/0001-35
Contato: contato@kultivi.com